sábado, 15 de abril de 2017

TEMPO NA ESCOLA


 Um dos temas abordados neste eixo IV foi o tempo na escola. Um assunto super interessante que gostei muito de ler o artigo de Oliveira(2016) ,sobre as questões de tempo na escola , pois há muitas maneiras de ver e pensar e como é usada e aproveitada tal organização desse tempo.

O tempo é demarcado na escola em todo sentido, Grau, Séries/Ciclos, dias letivos, semestres, trimestres, bimestres, períodos. E o tempo pedagógico tem suas fragmentações das atividades da instituição durante cada ano letivo como datas comemorativas, planejamentos, avaliações, provas, reuniões, férias etc.


Creio que para o professor, o tempo de sala de aula NÃO deixa de ser aquele tempo de cumprir com as obrigações de realizar atividades que se destinam a preencher a carga horária pois a instituição é toda dependente dessa organização do tempo de preenchimento da carga horária e o cumprimento das atividades que se destinam à mesma, há uma cobrança desse cumprimento pelas secretarias de educação, pelas direções das escolas, pela supervisão. Não há liberdade, não há descumprimento das regras impostas. O que ainda temos são professores , e me incluo, que seguem à risca o tempo determinado, não importando o que está sendo feito no momento, muitas vezes sem concluir o que se iniciou .O sinal tocou, o bimestre ou trimestre acabou, o ano fechou  e o tempo acabou.







Referência:    

OLIVEIRA, Cristiane et al. Questões sobre o tempo no espaço escolar. Disponível em: <http://www.ufjf.br/espacoeducacao/files/2009/11/cc07_1.pdf> Acesso em 20 set. 2016.